capa_extensao_2

Alunos do MBA em Gestão, Riscos e Compliance implementam sistema de compliance em empresas

Artigo postado em: 04/11/2020, às 15h00

Em consonância ao princípio constitucional de indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão descrito no artigo 207 da Constituição Federal, o CEDIN instituiu no segundo semestre de 2020 a criação do seu Núcleo de Extensão. Já atuante na oferta de cursos de extensão, agora a Faculdade CEDIN amplia a oportunidade para atuação prática dos alunos. O projeto piloto está sendo promovido pelos alunos do curso MBA em Gestão, Riscos e Compliance (MBA GRC), coordenado pelos professores Daniel Lança e Tiago Fantini.

Prof. Daniel Lança, coordenador do curso MBA em Gestão, Riscos e Compliance da CEDIN Business School
Prof. Daniel Lança, coordenador do curso MBA em Gestão, Riscos e Compliance da CEDIN Business School

O projeto visa criar condições das práticas adquiridas no ensino e pesquisa no curso de MBA GRC. Os próprios  alunos indicaram dez instituições que apresentassem algumas condições prévias para a implantação de um sistema de compliance, como por exemplo o principal pilar do programa de compliance: o apoio da alta gestão.  As instituições participantes são dos mais diversos ramos de atividade: ONG que atua em Reabilitação de Crianças, órgãos públicos municipais, empresas privadas, prestadores de serviços e startups. Não há nenhum ônus para essas instituições, já que o trabalho é feito de forma voluntária firmado em termo de cooperação técnica.  Grupos de alunos foram formados, cada grupo recebe o apoio e a mentoria voluntária de um professor do curso.

 Prof. Tiago Fantini, coordenador do curso MBA em Gestão, Riscos e Compliance da CEDIN Business School
Prof. Tiago Fantini, coordenador do curso MBA em Gestão, Riscos e Compliance da CEDIN Business School

“A implantação de programas de compliance nessas instituições impactam positivamente toda sua estrutura organizacional, os envolvidos no negócio bem como seus destinatários dos bens e serviços prestados por elas. O projeto promove a disseminação da cultura de integridade, apresenta  ferramentas e instrumentos que permitem a mudança de cultura e comportamento dessas instituições. Aos discentes, docentes e corpo técnico, proporciona sedimentação da teoria adquirida na literatura sobre o tema. Para a sociedade, o projeto traz impactos significativos que acompanham as tendências mercadológicas atuais de conscientização do consumo e das relações íntegras mais duradouras e com maior valor agregado. Além de, na administração pública, gerar mais confiança e legitimidade nos serviços e agentes públicos, criando atos anticorrupção e fortalecendo assim o Estado Democrático de Direito”. Afirma Misma de Paula, coordenadora do Núcleo de Extensão do CEDIN.

Fonte: Faculdade CEDIN (Entrada do CEDIN, Belo Horizonte, 2020)

Para 2021, o CEDIN vai estender o projeto de extensão a todos os cursos de MBA ofertados pela instituição, proporcionando aos alunos a oportunidade de acrescentar em seus currículos a prática da teoria adquirida em sala de aula.

Texto enviado por Misma de Paula, coordenadora do Núcleo de Extensão da CEDIN Business School, e adaptado pela Equipe de Redação da Faculdade CEDIN.

Comments are closed.