Nações Unidas apontam esporte como instrumento para o desenvolvimento e a paz

Tempo de leitura: 1 minuto

A Assembleia Geral das Nações Unidas (AGNU) aprovou, após deliberações de seus membros, a resolução A/72/L.5, na qual destaca a importância do esporte como instrumento de promoção do desenvolvimento e da paz no mundo. A resolução foi intitulada “Construindo um mundo pacífico e melhor através do esporte e do ideal olímpico” e aborda diversos elementos do esporte internacional.

O organismo também considerou a importância do Comitê Olímpico Internacional e do Comitê Paralímpico Internacional em suas funções de organizadores dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, respectivamente, e da divulgação de projetos que contribuem para avançar os direitos humanos, o combate à AIDS, a redução da pobreza, a educação e a assistência humanitária.

A resolução faz menção aos principais eventos do esporte internacional atual, como os XXXI Jogos Olímpicos de Verão e os XV Jogos Paralímpicos de Verão, realizados no Rio de Janeiro, Brasil, em 2016.

A AGNU requisitou ao Secretário-Geral da organização e ao Presidente da Assembléia Geral que promovesse “a observância da Trégua olímpica entre os Estados membros e apoiar as iniciativas de desenvolvimento humano através do esporte e continuar a cooperar efetivamente com o Comitê Olímpico Internacional, o Comitê Paralímpico Internacional e a comunidade esportiva em geral na realização desses objetivos”.

Ainda, a resolução afirma que a AGNU dá boas-vindas à “cooperação entre os Estados-Membros, as Nações Unidas e as agências especializadas, fundos e programas, e as organizações internacionais olímpicas Comitê e o Comitê Paralímpico Internacional, para maximizar o potencial do esporte para contribuir de forma significativa e sustentável para a consecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável dentro da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, e encoraja os movimentos olímpicos e paraolímpicos a trabalharem em estreita colaboração com os países e internacionais. organizações esportivas sobre o uso do esporte para esse fim”.

 

Autor: Wilson Fernandes Negrão Júnior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *