direito_da_energia_blog

DIREITO DE ENERGIA: POR QUE SE ESPECIALIZAR NESSA ÁREA?

Uma boa forma de se destacar na advocacia é atuar em novas áreas. O Direito de Energia é uma delas. Assim, especializar-se no assunto acaba sendo uma estratégia eficiente para quem quer buscar novas oportunidades.

Entretanto, as faculdades não oferecem disciplinas sobre o tema, o que exige do recém-formado a busca por cursos que o capacitem para atuar nele. Isso será o diferencial para o advogado que pretende alcançar o sucesso.

São muitos os motivos para aprimorar os conhecimentos adquiridos ao longo da graduação e obter outros ao fazer um curso que trate do assunto. Continue a leitura e confira alguns deles!

Por que se especializar em Direito de Energia?

O fato de o Direito de Energia ser uma nova área já é, por si só, um grande motivo para investir nele. Porém, há outros aspectos que decorrem disso. Vamos analisá-lo e entender, mais concretamente, a relevância de ter conhecimentos sobre o tema.

Poucos escritórios especializados na área

Para ter a segurança de atuar em uma área jurídica, é preciso estar preparado e sempre atualizado quanto às alterações que ela pode vir a sofrer. Contudo, como ela é recente, são poucos profissionais que entendem sobre Direito de Energia e, em consequência, também é pequena a quantidade de escritórios de advocacia que oferecem serviços nesse ramo.

Por esse motivo, investir nele é uma forma de driblar a concorrência e sair na frente. Afinal, tendo os conhecimentos necessários para defender os interesses dos seus clientes relacionados ao tema, você acaba se tornando referência e, assim, atraindo cada vez mais pessoas interessadas no seu trabalho.

O Direito de Energia possibilita conhecer outras áreas

Um aspecto interessante sobre o Direito de Energia é que essa área jurídica envolve, inevitavelmente, várias outras, como o Direito Administrativo, Ambiental, Tributário, Internacional e Direitos Humanos.

Isso se deve ao fato de que tratar o uso de recursos energéticos abrange a atuação do poder público, os impactos ambientais e os tributos pertinentes ao seu consumo. Ainda, a soberania dos países é afetada pelo tema, diante de eventuais conflitos pelo domínio de recursos naturais. Além disso, hoje em dia, a energia já é considerada um direito fundamental, como requisito para uma vida digna, o que impacta diretamente a questão humanitária.

Dessa forma, aprender sobre Direito de Energia é se tornar um profissional completo e versátil, uma vez que isso exige a capacidade de atuar na área sabendo conciliar os mais diversos assuntos.

O que aprender em um curso sobre Direito de Energia?

Como visto, aprender sobre essa nova área é entender, também, outros ramos jurídicos, construindo uma visão multidisciplinar. Assim, além do próprio Direito de Energia, você terá a oportunidade de relembrar e aprofundar os conhecimentos em outros assuntos.

Ainda, considerando as várias fontes jurídico-normativas que fundamentam o tema, ter contato com elas por meio de aulas ajuda a organizar o raciocínio para compreender cada uma das regras sobre Direito de Energia.

Além disso, especializar-se no tema requer compreender todo o cenário no qual ele se insere. Nesse sentido, o advogado que pretende atuar com isso deve fazer sempre uma inter-relação entre a área e o contexto global, e uma pós-graduação, por exemplo, dará uma boa base para isso.

Quais as possibilidades de atuação?

Assim como no Direito como um todo, ser especialista em Direito de Energia abre um leque de opções de atuação. É possível trabalhar em companhias hidrelétricas, petrolíferas, termoelétricas, empresas de telecomunicações e, até mesmo, com o pequeno produtor de energia renovável. Outra opção é prestar esse serviço de forma terceirizada, trabalhando em um escritório de advocacia que ofereça serviços a esses clientes no ramo.

Dessa forma, é possível perceber que investir em novas áreas como o Direito de Energia é bastante promissor. Porém, fazer isso sem uma boa orientação pode não prepará-lo adequadamente para as exigências desse novo mercado e não trazer os resultados esperados. Por isso, busque um curso que o auxilie nessa tarefa e o sonho do sucesso profissional poderá finalmente se tornar realidade!

Você já conhece o curso de pós-graduação em Direito de Energia do CEDIN? Então, entre em contato com a gente e saiba mais!

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *